Como lidar com um cachorro dominante

Como lidar com um cachorro dominante
Como lidar com um cachorro dominante

Um cão dominante acredita que ele é o responsável por proteger o seu dono e a sua família, em tempo permanente. Devido a isso, eles podem se comportar de maneira agressiva, chata e ocasionar diversos problemas à convivência. É importante saber que, nesses casos, a dominância canina deve ser reprimida, desde quando começa a aparecer. Quanto mais precoce a identificação do problema, mais fácil de resolver.

Alguns donos acham ?engraçadinho? quando o cachorro sente demasiado ?ciúmes?, por exemplo. No entanto, esse é um tipo de comportamento que não deve ser levado adiante, já que prejudica a saúde do animal, que acredita proteger o seu dono de qualquer mal. Quando o cão apresenta esse tipo de atitude, ele sofre um desgaste emocional desnecessário que, quando se repete sucessivamente, torna-se um problema, tanto para ele, quanto para o seu dono.

Você sabe o que fazer quando o seu cão apresenta comportamentos de um animal dominante? Acompanhe abaixo as principais dicas para evitar que isso aconteça:

Estabeleça limites para o seu cachorro

Um cão que não é educado, podendo circular livremente pela casa, alimentar-se junto com o dono, não possui horários e nem um lugar específico para as suas necessidades fisiológicas, acha que ele pode fazer o que bem entender, sem limites. O ideal é que você eduque o seu cachorro explorando uma rotina. Ele tem que saber o que pode e o que não pode.

Utilize os reforços positivo e negativo

Ofereça recompensas quando o cachorro se comportar da maneira que você espera. Esse prêmio pode ser biscoitos caninos, o reabastecimento do pote de ração ou algum brinquedo. O importante é o cão entender que quando ele comporta bem ganha algo do dono. O reforço negativo funciona da mesma forma: chame a atenção do cachorro quando ele se comporta de maneira errada.

Não permita que ele avance nas visitas

Um dos problemas mais recorrentes em relação aos cães que se sentem dominantes em relação ao dono, é o comportamento agressivo quando surgem pessoas e visitas as quais ele ainda não teve contato. Quando o seu cachorro estranhar alguém, seja latindo muito ou apresentando agressividade, você deve repreendê-lo. Peça as visitas para que o cumprimentem, já que essa atitude também pode auxiliar no tratamento com o cachorro, que entenderá que a visita não significa uma ameaça ou perigo.

Invista no adestramento

Educar o cão desde quando ele é um filhote é a forma mais fácil de evitar que ele se torne um animal agressivo e dominante. No entanto, quando a tática não funciona e o cão continua a apresentar os problemas, uma boa saída é investir nos cursos e treinos de adestramento. Nessas ocasiões, o cachorro é treinado por especialistas para que apresente um comportamento melhor.

Tenha um ambiente organizado

Muitas vezes, o comportamento dominante canino pode ser um reflexo do que ele vive dentro de um ambiente desorganizado. Se o dono é desorganizado e não possui uma rotina, o cachorro entenderá que ele é quem manda. Mantenha os potes de refeição e a casinha limpos, assim como o seu ambiente, como um todo.

Dica da hora: Problemas com latidos em excesso? experimente a Coleira Anti-Latido

Comments

comments