Meu Cão Vegetariano

Meu Cão Vegetariano

Quando falamos de vegetarianismo, logo imaginamos a alimentação de um ser humano, e na maioria das vezes adulto. Mas você sabia que seu cão também pode ser vegetariano?

Meu Cão Vegetariano

De acordo com alguns especialistas os cães podem ter sim uma alimentação mais flexível e assim como os humanos não precisam da carne para sobreviver, precisam sim de alguns nutrientes.

A ideia do vegetarianismo para os cães surgiu na década de 1960, quando um grupo de pessoas que seguiam essa dieta se questionou se seus animais de estimação poderiam seguir o mesmo plano alimentar.

Alguns veterinários acreditam que isso é impossível, já que os cães são considerados carnívoros, mas outros afirmam que os animais podem sim viver de uma dieta onívora e que a adaptação dessa alimentação é similar ao do homem.

Dietas saudáveis para seu cãozinho

Nós sabemos que as rações comercializadas para cães são feitas com o que chamamos de subprodutos, que nada mais são do que restos de produtos que não são utilizados para o consumo humano, mas que acabam sendo utilizados na preparação de rações para cães.

Com isso, a baixa qualidade desses alimentos e também o uso de alguns hormônios e agrotóxicos presentes faz com que muitas pessoas questionem se não podem mudar o plano alimentar dos cães e fazer com que eles sejam mais saudáveis.

Os veterinários afirmam que é possível que todos os cães se tornem vegetarianos, mas para isso é preciso que seus donos sejam capazes de oferecer ao animal uma variedade alimentar capaz de suprir todas as necessidade nutricionais do cão.

Meu Cão Vegetariano

Para isso é preciso o acompanhamento de um veterinário que atestará se a dieta vegetariana caseira ou comercial não fará mal ao seu animal de estimação.

A dieta caseira é a mais recomendada por possuir um frescor maior dos alimentos, uma quantidade maior de água e menor de aditivos (usado para manter o alimento mais tempo), a chamada palatabilidade em alta, assim como a digestabilidade, ter mais nutrientes aproveitados pelo organismo e também ter um risco menor de torção gástrica.

Vale lembrar que essa dieta é cuidadosa e deve ser feita pelo dono, o mais fresca possível. Ela também pode apresentar algumas deficiências nutricionais se não seguida à risca, o que faz com que o acompanhamento médico seja necessário.

A transição para dieta vegetariana

Assim como nos humanos, a transição das dietas não deve acontecer de forma brusca, o ideal é ir misturando aos poucos os alimentos e a cada dia tirar uma porção maior da dieta antiga para inserir a nova.

Há também algumas rações veganas no mercado que podem ser usadas na transição, isso porque a textura com as rações convencionais é a mesma.

O ideal é que junto com essas rações você também misture algumas porções de frutas e legumes, para que assim seu animal consiga acostumar com a nova dieta que terá que seguir.

É importante também que durante a transição você observe o animal e veja se ele teve alguma mudança de comportamento, como ficar mais amuado, ter sangue nas fezes, entre outros.

Caso isso ocorra é preciso levá-lo ao veterinário para que seja avaliado e, se necessário, fazer os ajustes necessários na nova dieta.

Mais Informações Por Favor

Para mais informações sobre dietas e receitas naturais para os cães, sugerimos a leitura dos sites abaixo:

Blog Cachorro Verde

Cachorro com alimentação vegana vive 27 anos

Ração Vegetariana Para Cães

 

Dica da hora: Treine seu cachorro enquanto se diverte com ele. Confira

Comments

comments