O que todo dono de cachorro deve saber sobre ração

O que todo dono de cachorro deve saber sobre ração
O que todo dono de cachorro deve saber sobre ração

Há quem encontre no cão o seu melhor amigo, e isso realmente tem razões para acontecer, afinal, os cachorros (dependendo da sua raça) costumam ser dóceis, companheiros, gostam muito de brincar e de passear com os donos. É por isso que esses animais de estimação acabam se tornando tão queridos pelos seres humanos, que fazem o possível para que seus bichinhos estejam sempre bem cuidados.

Se você tem um cachorro de estimação, provavelmente sabe que a sua alimentação é um dos fatores mais importantes. Assim como acontece com as pessoas, os cães precisam dos nutrientes absorvidos a partir dos alimentos para que seu organismo possa executar todas as funções necessárias de maneira eficaz. Em geral, as rações caninas já são produzidas para darem conta de todas as substâncias das quais os animais precisam diariamente.

No entanto, é de fundamental importância que o dono saiba qual é a maneira correta de alimentar o cão, ou seja, qual o tipo de ração, a quantidade e quantas vezes ao dia ela precisa ser oferecida ao cachorro. Primeiramente, você deve ter toda atenção quando for comprar a ração canina, pois no pacote estão escritas as informações necessárias, ou seja, qual a quantidade que deve ser dada de acordo com o peso do animal.

Um cachorro de grande porte, que se exercite mais, normalmente precisa de mais ração do que um animal menor e mais tranquilo, e isso você poderá verificar diretamente na embalagem da ração. No entanto, essa quantidade total que deve ser dada ao cão de acordo com o peso deve ser dividida em porções menores ao longo de todo o dia. Se você colocar toda a ração necessária de uma única vez, o cachorro terá acabado com ela em poucos minutos, e logo voltará a sentir fome.

Lembre-se de que os cães não são como as pessoas, que possuem a consciência de que devem se alimentar quando necessário. Os animais são seres instintivos, por isso, o dono é responsável por fazer com que eles comam a quantidade de ração necessária durante todo o dia. No geral, os filhotes devem ser alimentados de três a quatro vezes por dia, já os adultos (a partir de um ano de idade) têm a sua porção de ração dividida em duas vezes.

Para os cães mais novos, opte pela ração úmida, que pode ser substituída gradativamente pela ração seca. Para facilitar a adaptação do animal, no início você pode começar misturando um pouco de ração seca com a úmida. Quando você alimenta seu cão apenas com a ração úmida, deve se lembrar de escovar os dentes do animal frequentemente, para evitar problemas como a cárie e o tártaro.

Embora a ração úmida seja mais indicada para os cachorros mais novos, é importante que ela seja substituída pela ração seca, que é mais saudável e não provoca problemas bucais com tanta intensidade. Procure evitar o máximo possível alimentar seu cachorro com alimentos de seres humanos, pois você poderá causar um prejuízo irreversível para a saúde do cão.

 

Dica da hora: Gostaria de aprender a treinar seu cachorro e cuidar melhor do seu cão?? Confira o novo livro Adestramento Inteligente do Alexandre Rossi

Comments

comments